By using our website, you are agreeing to cookies being stored and Google Analytics being used on your device in order to offer the best possible service. You can find more information on this here.

B2B service for the tourism industry To website for visitors to Vienna
Colorful tiles on the roof of St. Stephen's Cathedral in Vienna

Informação para imprensa Viena – novembro de 2015 Grandes exposições em Viena no primeiro semestre de 2016

A vanguarda russa representa um dos capítulos mais interessantes da arte do século XX. O museu Albertina, em Viena, elucida a diversidade da arte desta época na exposição Chagall bis Malewitsch. Die russischen Avantgarden (em tradução livre, De Chagall a Malewitsch. As vanguardas russas). 140 obras-primas exemplificam os diversos estilos, formas e ideias estéticas que se manifestam não apenas no trabalho de artistas diferentes, mas também, por vezes, ao longo do repertório de um mesmo artista.

O salão de arte Kunsthalle Wien, situado no complexo do MuseumsQuartier, apresenta a exposição “The Promise of Total Automation”, dedicada aos “objetos inanimados” e à sua “vida própria”. O evento conta com trabalhos de artistas que, nos últimos anos, têm discutido este tema e as diferentes teorias a ele relacionadas.

O museu de história da arte Kunsthistorische Museum Wien foi inaugurado na rua Ringstrasse em 17 de outubro de 1891 e celebra seu aniversário de 125 anos com a exposição comemorativa Feste feiern (Celebrar festas). Na mostra, são apresentadas as festas típicas que se desenvolveram na Europa da baixa Idade Média e da Renascença até o século XVIII, nos contextos da corte, da cidade e também do campo.

Em 7 de abril de 1766, o Imperador José II tornou de acesso público o parque Prater, que até então era terreno de caça de acesso exclusivo imperial. Na exposição 250 Jahre Prater (250 anos do Prater), o Wien Museum Karlsplatz destaca a história cheia de reviravoltas desta área central do 2º distrito. O museu conta com um grande acervo sobre o Prater e parte destes objetos fica permanentemente exposta no Pratermuseum, no planetário.

Com a exposição Formkunst. Klimt – Kupka – Hoffmann – Hölzel – Filla – Čapek – Picasso – Braque (Arte da forma. Klimt – Kupka – Hoffmann – Hölzel – Filla – Čapek – Picasso – Braque), a galeria Belvedere evidencia os fundamentos que, a partir de 1900, deram origem a uma série de diferentes tendências artísticas relacionadas entre si. A mostra ressalta de forma inédita os alicerces que favoreceram uma arte coerente na monarquia do Danúbio e que levaram à fundação de uma arte imaterial consistente naquele contexto.

Em homenagem ao 100º aniversário de morte do Imperador Francisco José I, tem lugar, em quatro espaços de Viena e do estado da Baixa Áustria, a exposição Franz Joseph 1830-1916 (www.franzjoseph2016.at). A mostra, segmentada em diversos campos temáticos, se centra no monarca, mas também aborda criticamente a figura do Imperador e não deixa de fora a questão política. A exposição no Castelo Schönbrunn evidencia o tema “Mensch & Herrscher” (“Ser humano e dominador”), ao passo que a mostra no Kaiserliche Wagenburg se dedica à perspectiva da “Repräsentation & Bescheidenheit” (“Representação e humildade”). No Möbel Museum Wien, no Hofmobiliendepot, a exposição trata de “Fest & Alltag” (“Festas e cotidiano”) e, no Castelo Niederweiden, na Baixa Áustria, de “Jagd & Freizeit” (“Caça e tempo livre”).

Anselm Kiefer é um dos artistas mais importantes do nosso tempo. Em uma retrospectiva completa inédita, o museu Albertina exibe mais de 30 obras monumentais das suas famosas xilogravuras e apresenta importantes ciclos de imagens divididos em grupos temáticos. A obra de Kiefer evidencia a sua intensa contestação da história da Alemanha e da história da cultura e das mitologias alemãs.

A exposição Fürstenglanz (Esplendor da nobreza) retoma a transformação do Palácio de inverno do Príncipe Eugênio em um museu moderno para montar uma retrospectiva histórica sobre o esplendor da nobreza, as galerias barrocas e a curadoria pautada pela arte da ordem. O foco da exposição está nos catálogos dos acervos imperiais das grandes galerias barrocas europeias, que atestavam a fama nobre de seus criadores e se desenvolveram na mesma época em que surgiram os catálogos de arte e de exposição.

No 100º aniversário de morte de Francisco José I, a Biblioteca Nacional Austríaca lhe dedica uma grande exposição intitulada Der ewige Kaiser (O imperador eterno). O foco da mostra está no Imperador como figura pública: ele foi provavelmente a pessoa mais retratada do século XIX. Hoje em dia, se encontram na Biblioteca Nacional Austríaca mais de 10.000 fotografias, gráficos e outros documentos da vida de Francisco José. O material exposto na sala Prunksaal representa o ápice deste extenso acervo. Além disso, é a primeira vez que são exibidas publicamente as cartas de despedida da baronesa Mary Vetsera de Mayerling com o selo do príncipe Rodolfo, encontradas apenas em 2015.

A exposição Chapeau! Eine Sozialgeschichte des bedeckten Hauptes (Chapeau! Uma história social da cabeça coberta), no Museum Karlsplatz, em Viena, se centra em chapéus e nas pessoas que os usam, bem como na consolidação desta peça na sociedade urbana vienense do século XIX até os dias atuais. Uma grande parte do material exposto vem do acervo de moda do próprio museu, um dos mais importantes da Europa.

  • Chagall bis Malewitsch. Die russischen Avantgarden (De Chagall a Malewitsch. As vanguardas russas), 26/02 a 26/06/2016, museu Albertina, praça Albertinaplatz, 1, 1010, Viena, www.albertina.at
  • The Promise of Total Automation, 04/03 a 08/05/2016, Kunsthalle Wien MuseumsQuartier, praça Museumsplatz, 1, 1070, Viena, www.kunsthallewien.at
  • Feste Feiern – 125 Jahre KHM (Celebrar festas – 125 anos do KHM), 08/03 a 18/09/2016, Kunsthistorisches Museum, praça Maria-Theresien-Platz, 1010, Viena, www.khm.at
  • 250 Jahre Prater (250 anos do Prater), 10/03 a 21/08/2016, Wien Museum Karlsplatz, praça Karlsplatz, 1040, Viena, www.wienmuseum.at
  • Formkunst. Klimt – Kupka – Hoffmann – Hölzel – Filla - Čapek – Picasso - Braque (Arte da forma. Klimt – Kupka – Hoffmann – Hölzel – Filla - Čapek – Picasso - Braque), 10/03 a 19/06/2016, Unteres Belvedere, rua Rennweg, 6, 1030, Viena, www.belvedere.at
  • Sonderausstellung Franz Joseph 1830-1916 (Exposição Francisco José 1830-1916), 16/03 a 27/11/2016, www.franzjoseph2016.at:
    Mensch & Herrscher (Ser humano e dominador), Castelo Schönbrunn, rua Schönbrunner Schlossstrasse, 1130, Viena, www.schoenbrunn.at
    Repräsentation & Bescheidenheit (Representação e humildade), Kaiserliche Wagenburg Wien, rua Schönbrunner Schlossstrasse, 1130, Viena, www.khm.at
    Fest & Alltag (Festas e cotidiano), Hofmobiliendepot. Möbel Museum Wien, rua Andreasgasse, 7, 1070, Viena, www.hofmobiliendepot.at
    Jagd & Freizeit (Caça e tempo livre), Castelo Niederweiden (Baixa Áustria), Niederweiden, 2292, Engelhartstetten, www.schlosshof.at
  • Anselm Kiefer. Die Holzschnitte (Anselm Kiefer. As xilogravuras), 17/03 a 19/06/2015, museu Albertina, praça Albertinaplatz, 1, 1010, Viena, www.albertina.at
  • Fürstenglanz. Europäische Barockgalerien und die Kunst der Ordnung (Esplendor da nobreza. Galerias barrocas europeias e a arte da ordem), 18/03 a 26/06/2016, Winterpalais, rua Himmelpfortgasse, 8, 1010, Viena, www.belvedere.at
  • Der ewige Kaiser. Franz Joseph I. 1830–1916 (O imperador eterno. Francisco José I 1830-1916), 08/04 a 30/10/2016, sala Prunksaal da Biblioteca Nacional Austríaca, praça Josefsplatz, 1, 1010, Viena, www.onb.ac.at
  • Chapeau! Eine Sozialgeschichte des bedeckten Hauptes (Chapeau! Uma história social da cabeça coberta), 09/06 a 30/10/2016, Wien Museum Karlsplatz, praça Karlsplatz, 1040, Viena, www.wienmuseum.at

Contato para imprensa

Florian Wiesinger
Invalidenstraße 6
1030 Viena
Austria
tel. (+ 43 1) 211 14-362

Rate this article
Feedback to the vienna.info editorial team

Please complete all the mandatory fields marked with *.

Title *
Title
Service links